Imersão Arquetípica e Expressão

Imersão Arquetípica e Expressão

Novembro 30, 2022 Não Por Biodanza Nuno Pinto

Seguimos com o nosso processo de integração da identidade ou mapeamento dos nossos caminhos interiores. Descobrindo novos continentes, revelando novas culturas, navegando por oceanos, desbravando desertos e florestas, usando o GPS mais eficaz para o efeito e que dá pelo nome de Biodanza SRT.

Na dinâmica do mês anterior criamos oportunidades de dissolução das tensões, potencializamos uma maior sensibilização motora, o que ajuda, e muito, a sentir a força originária das posições geratrizes.

Em Dezembro será o tempo para a Imersão Arquetípica e Expressão. Durante este mês, as vivências vão promover a saúde e a expressão da Identidade, através da integração expressivo motora, acompanhada de posições geratrizes. As posições geratrizes, como o nome indica, são posturas que evocam depois as danças.

A dinâmica de aplicação das mesmas, em Biodanza, permite a chamar à memória do inconsciente colectivo, de que falava Carl Jung. Dessa forma acedemos às fontes arquetípicas da expressão humana, potenciando os nossos recursos expressivos de uma forma extraordinária.

Estas posturas são fruto de uma investigação de Rolando Toro, acerca de gestos primordiais, reconhecidos como comuns em várias culturas, independente da região, religião, língua, ou outros elementos culturais diferenciadores. Estes gestos vão além da cultura, sendo considerados como gestos de expressão básicos da espécie humana.

São 22 as Posições Geratrizes, distribuídas por 3 níveis de integração, sendo que o nível I remete para a relação do ser humano com o sagrado e para os gestos do quotidiano, o Nível II evoca estados de regressão e o Nível III induz a estados de expansão da consciência.  Vamos evocar gestos que são repetidos, pela História da nossa espécie, por todos os nossos ancestrais, há muitos milhares de anos… a carga é imensa, a poesia do gesto transcendente e o efeito profundamente renovador, transmutador e transformador!  

E é desta forma básica, simples, mas ao mesmo tempo profunda, que geramos mais recursos expressivos, numa imersão arquetípica, condições essenciais para uma boa condição anímica, um estado de humor saudável, o acesso ao inconsciente coletivo, promovendo a saúde e bem-estar.